novascomunidadesaracaju@hotmail.com

segunda-feira, 30 de abril de 2012

MISSA COM AS NOVAS COMUNIDADES DE VIDA E ALIANÇA






Com a Graça de Deus retornamos no mês de abril a Missa das Novas Comunidades de Vida e Aliança, um momento importante para nos aproximarmos cada vez mais dos nossos irmãos e irmãs, gerando assim uma melhor comunhão entre todos.

Durante a Celebração Eucarística que foi presidida pelo  Assessor Espiritual das Novas Comunidades na Arquidiocese de Aracaju, o Reverendíssimo Padre Paulo Lima, lembrando uma frase do Mosenhor Jonas Abib, disse: "As novas comunidades precisam se encontrarem mais", destancando assim a importãncia da participação de todas as comunidades na Santa Missa que é celebrada todos os meses. A missa foi concelebrada pelo Frei Aleluia da Ordem dos Frades Conventuais que está fazendo caminho na Comunidade Canção Nova.

Estiveram presentes as seguintes comunidades: Obra de Maria, Força Jovem do Discípulo Amado, São Bento, Canção Nova, Comunidade de Aliança São José, Servos e Servas da Santíssima Trindade, Missionários de Cristo Vivo, Fraternidade Milicia de São Miguel, Sagrada Família, O caminho e Servos de Maria do Coração de Jesus, recém chegada em nossa Arquidiocese. No final da Celebração Padre Paulo apresentou-os para todas as comunidades presentes.

A próxima celebração ficou marcada para o dia 26 de maio 2012 na Vigília de Pentecostes que será realizada na Canção Nova a partir das 21h.

terça-feira, 24 de abril de 2012

ASSESSOR ESPIRITUAL PADRE PAULO LIMA VISITA A MAIS NOVA COMUNIDADE DE VIDA E ALIANÇA DE NOSSA ARQUIDIOCESE - SERVOS DE MARIA DO CORAÇÃO DE JESUS


O Assessor Espiritual das Novas Comunidades na Arquidiocese de Aracaju Padre Paulo Lima, esteve recentemente visitando a mais nova comunidade de vida e aliança instalada em nossa Arquidiocese, trata-se da Comunidade Servos de Maria do Sagrado Coração de Jesus. A comunidade está residindo na Chácara Santíssima Trindade no Povoado Areia Branca, zona de expansão da capital sergipana.
Durante a visita houve um almoço fraterno com a presença do Padre Luís Lemper e Pe. Padre Paulo Lima e uma pequena reunião com os membros da comunidade.







Um pouco da História

A Comunidade Servos de Maria do Coração de Jesus foi fundada pelos senhores Ana Rita Otaviano Tavares de Melo e José Tavares de Melo chamados por todos de Mãezinha e Paizinho. Ambos são oriundos de famílias católicas de firmes princípios morais e religiosos.

A sua história de amor, preparação remota da obra da Comunidade Servos de Maria do Coração de Jesus, começou desde que se conheceram em 1954 quando José tinha nove (09) anos e Ana Rita seis(06).


Em 1967 casaram e tiveram uma filha e três filhos homens. Dedicaram-se assiduamente e com sucesso às suas atividades empresariais sem com isso descuidar a educação dos filhos e sem se fechar às necessidades dos mais pobres. Em 1984 a família aumentou de repente com a adoção de 7 crianças órfãs de pai e com a mãe doente de câncer que veio falecer dois anos depois.
Aos 7 de Janeiro de 1972 morre Paulinho irmão de Mãezinha deixando uma profunda ferida no seu coração.
O seqüestro e sucessiva liberação de dona Nêda, mãe de Mãezinha, ocorrido em fevereiro de 1989 foi a preparação imediata para o chamado de Deus, pois fez os nossos Fundadores se desapegarem completamente dos bens materiais.
Em 4 de fevereiro de 1995 Mãezinha, entrando no quarto onde estava hospedada junto a um convento jesuíta em ocasião de um evento de espiritualidade, ouviu distintamente e externamente uma voz feminina muito suave que lhe disse compassadamente as seguintes palavras: "Filha, terás uma grande missão de cuidar dos doentes". Ela reconheceu logo que se tratava da Mãe de Jesus, a Virgem Maria. Este foi o chamado de Deus a desapegar-se também de todos os seus planos e suas atividades empresariais e a passar por cima dos seus temores e de todas as suas vontades e marcou o início de uma profunda vida de oração.
Tendo recebido a confirmação do chamado através de um sinal acontecido no dia seguinte, acompanhada espiritualmente pelo seu primeiro diretor Pe. José Abner de Andrade e por Dom Marcelo Pinto Carvalheira, então Arcebispo da Paraíba, iniciou a visitar diariamente os doentes nos hospitais, em seguida os doentes "espirituais" no presídio do Roger de João Pessoa e, por fim, tomando a sério as instruções missionárias de Jesus aos doze apóstolos contidas em Mt 10, juntamente com Paizinho, as cidades da Paraíba, formando grupos de oração do terço e de missão com as pessoas do lugar.
Quanto mais os nossos Fundadores se dedicavam à obra de evangelização tanto mais se sentiam pressionados pelo amor de Cristo (cf. 2Cor 5,14) que outrora "vendo as multidões ficou tomado de compaixão porque estavam enfraquecidas e abatidas como ovelhas sem pastor" e disse: "Tenho piedade desta multidão!" (cf. Mt 15,32b; 9,36).
Constataram com profunda dor como a causa de tantos males nas famílias, o esfriamento da fé, os sacrilégios perpetrados contra a Santíssima Eucaristia especialmente com comunhões mal feitas, o abandono da Igreja para as seitas, a superstição, a imoralidade desenfreada, a infidelidade aos compromissos, a inconstância no bem, a grande fragilidade frente às propostas e às agressões do mundo, era a falta de oração e a falta do pão da Palavra e da sã doutrina, pois "o homem não vive apenas do pão (material) mas de tudo aquilo que sai da boca do Senhor" (Dt 8,3b). Desde o começo da sua atividade missionária os Fundadores foram sempre acolhidos e sustentados carinhosamente pelo Pe. Severino Alencar Leite, vigário paroquial da cidade de Condado no interior da Paraíba, que seria mais tarde Co-fundador da obra.
Em 21 de setembro de 1997, dia do apóstolo São Mateus, estando em um santuário mariano, os nossos Fundadores conheceram os futuros Co-fundadores da comunidade: Pe. Lorenzo D'Andrea e Ir. Bettina Knapp. Foi naquele mesmo lugar, durante um momento de oração que Mãezinha sentiu o pedido do Senhor de fundar uma comunidade missionária e contemplativa.
Em outubro de 1999 iniciou a primeira experiência de vida comunitária de alguns missionários. Iniciou-se logo a organizar encontros de evangelização e retiros de uma semana na Granja Paraíso onde Ana Rita e José pela sua dedicação começaram a ser chamados carinhosamente por muitos de "Mãezinha" e "Paizinho".
Em 21 de março de 2000 a Comunidade foi aprovada oficialmente pelo Arcebispo Dom Marcelo Pinto Carvalheira. Em 13 de Outubro de 2001 iniciou o Ramo Contemplativo feminino. Em Janeiro 2003 foram consagrados os primeiros irmãos(ãs) missionários(as) celibatários(as). Em 11 de fevereiro de 2009 foi inaugurado o Ramo Contemplativo masculino.
Com infirmações do site da Comunidade: www.comunidadesmcj.org.br

domingo, 15 de abril de 2012

TERÇO DA DIVINA MISERICÓRDIA

E as demais contas do terço, assim:
1 - Nas Contas grandes (Pai-Nosso)
Eterno Pai, eu vos ofereço o Corpo e Sangue, Alma e divindade de Vosso Diletíssimo Filho, Nosso Senhor Jesus Cristo, em expiação dos nossos pecados e do mundo inteiro.
2 - Nas contas pequenas (das Ave-Marias)
Pela sua dolorosa Paixão, tende misericórdia de nós e do mundo inteiro.
No final do terço
Deus Santo, Deus Forte, Deus Imortal, tende piedade de nós e do mundo inteiro.

quinta-feira, 12 de abril de 2012

VEM AÍ VIGÍLIA DE PENTECOSTES DAS NOVAS COMUNIDADES, EM MAIO DE 2012!


Olá caros irmãos e irmãs das Novas Comunidades de Vida e Aliança da Arquidiocese de Aracaju, no dia 26 de maio estaremos todos reunidos e unidos celebrando a "Vigília de Pentecostes Ano 2012', todas as comunidades estão convocadas à  participarem. Breve manteremos contato para mais detalhes! Enquanto isso rezemos pelo êxito da vigília deste ano. "Vem Espírito Santo sobre todos nós"!
Meu fraternal abraço.
Pe. Paulo Lima - Assessor Espiritual das Novas Comunidades - Arquidiocese de Aracaju
Informações: pe.pauloaracaju@hotmail.com

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

MISSAS COM AS NOVAS COMUNIDADES EM ARACAJU

Com a alegria foi realizada a Celebração Eucarística com as Novas Comunidades de Vida e Aliança da Arquidiocese de Aracaju. A Santa Missa foi presidida pelo Assessor Espiritual Padre Paulo Lima de Melo e concelebrada pelos Padres: Geogredes e Aélio, além de Dom Tiago-OSB, Monge Beneditino do Mosteiro de São Bento de Garanhuns-Pernambuco.
Veja algumas fotos:


Na foto: Da esquerda para direita, Pe. Geofredes, ao centro Dom Tiago-OSB e Pe.  Paulo Lima



Padre Aélio durante a homlia




Fonte: Assessoria das Novas Comunidades de Vida e Aliança - Arquidiocese de Aracaju